Lusodidacta header
imagem
  • imagem

Envelhecimento Perturbado - A doença de Alzheimer

47,70 €
42,93 €
Com IVA
Margot Phaneuf
Quantidade

440 Pags
Texto em: Português
Tipo de Capa: capa dura
Ed.:2ªed. @ 2010



Nesta nova edição, a autora preconiza uma abordagem humanista do envelhecimento. A obra apoia-se, portanto, na filosofia humanista e na abordagem da humanitude.

Além de actualizações importantes em todos os capítulos, caixas explicativas, quadros para facilitar a compreensão e numerosos exercícios, encontra também na obra dois novos capítulos. Um deles, explica o funcionamento da memória e os estragos da doença de Alzheimer. O outro, expõe em pormenor as intervenções a implementar para ajudar os doentes no domicílio, fornecer-lhes cuidados adequados e apoiar as famílias.

A doença de Alzheimer, difundida nas nossas sociedades ocidentais, é objecto de numerosas preocupações. Esta obra, que alia ao mesmo tempo elementos teóricos e propostas de intervenções para a equipa cuidadora, ajudará também as famílias que vivem com uma pessoa atingida por esta doença. Por outro lado, permite compreender melhor a evolução e o tratamento da doença de Alzeimer e das outras demências, assim como as hipóteses etiológicas e a abordagem farmacológica, que se lhes reportam.

A obra permite ainda conhecer as necessidades das pessoas que sofrem desta doença a fim de as ajudar a conservar um estado de saúde físico que favoreça a conservação optimizada das suas capacidades funcionais.

As múltiplas intervenções que são propostas para o suporte e as estimulação cognitiva destes doentes, do mesmo modo que as diversas abordagens para facilitar os cuidados, constituem ferramentas preciosas.

Enfim, esta obra aborda assuntos delicados, tais como os modos particulares de comunicação com as pessoas doentes, o fenómeno da violência, o respeito ético que lhes é devido, igualmente as difíceis etapas do alojamento em estabelecimentos de cuidados e dos últimos momentos da vida.

978-989-8075-27-7
10 Itens
2018-03-23

Opiniões


Escreva a sua opinião