Lusodidacta header
imagem
  • imagem

DIZER E ESCREVER A PRÁTICA DO CUIDAR DO QUOTIDIANO-À descoberta do sentido do cuidado de saúde

15,90 €
14,31 €
Com IVA
Sob a direcção de: WALTER HESBEEN: Pierre Campia; Michel Dupuis; Michel Fontaine; Raymond Gueibe; Bernard Honoré; Anne van Maele; Didier Weber
Quantidade

Formato: 14,5 x 21 cm

180 Páginas

Capa Mole

 

Que constitui o essencial da prática do cuidar? Pode o conteúdo desta prática ser definido pela palavra ou mesmo passado ao prisma do escrito uma vez que é tão complexo, invisível, porque subtil? Os autores deste livro partilham as suas reflexões sobre a confrontação do agir e do fazer, estudam a relação entre a escrita e a ac­ção, entre o acto de escrever e o agir do cui­da­do. Todos eles prestadores de cuidados, alguns exercendo como formadores, pro­fes­so­res, outros enveredaram pelo caminho da filosofia. A sua experiência da prática, da for­mação, o seu gosto pela reflexão filosófica permitem-lhes ligar constantemente clínica e teoria, prática e sentido do cuidado. Assim, a abordagem filosófica é útil para delimitar este sentido, mas também para se dar conta que qualquer saber, qualquer que seja, toda a prática, qualquer que seja, não tem a capacidade de demonstrar sozinha apenas os seus próprios princípios. Além disso, estando mais perto do terreno, os profissionais experi­mentam a dificuldade para dizer a complexidade e a subtileza da sua prática aquando das pas­sagens de turno e para escrever as suas acti­vi­dades no dossier de enfermagem, e pode então interrogar-se se a escrita clínica da enfermagem é solúvel nas transmissões objec­tivas. Do mes­mo modo, será que é redutí­vel num desta­que de actos ou de tarefas que parecem reflectir tão imper­fei­ta­men­te até lhe desnatu­ra­rem a im­pli­cação pessoal que a acção de cuidar requer? A relação de cuidado está imbuída de sensi­bi­li­dade e singu­laridade, tanto pela pessoa cuidada como pelo prestador de cuidados; ela também levanta dúvidas e questões. O exercício de pôr por escrito esta relação tão particular permite, ao mesmo tempo, esclarecer e revelar, pela própria dificuldade do exercício, a amplitude do que constitui uma verdadeira arte. A acção pres­ta­dora de cuida­dos não pode pois reduzir-se a uma sucessão de actos de cuidados.

978-972-8930-92-9
10 Itens
2018-03-23

Opiniões


Escreva a sua opinião